Vários músicos latino-americanos participaram do Grupo América 4 ao longo de sua história: aqui destacamos Alfredo Rodrigues (Peru), Leonardo Rodrigues (Uruguai), Beto Lopes (Uruguai), Enzo Merino (Chile), Pablo Batera (Brasil), Jorge Platero (Uruguai), Bachá (Brasil), Edson Fernandes (Brasil), Fernando Rueda (Argentina), Alex Paz (Honduras) e outros.
A formação atual do grupo é com Tobi Gil – (Bolívia – flautas andinas), César Rebechi (Argentina – guitarra, violão e voz), Gracia Silva (Brasil – teclado), Aguilar Alves (Brasil- baixo e vocais), Renato Pablo (Chile – percussão andina, tambores de congo), Leonardo Meneses (Brasil – tambores de congo, maracatu) e Marcos Coelho (Brasil – Bateria).

TOBI GIL

Músico, Compositor, Produtor e líder do Grupo América 4, é boliviano e vive há 40 anos no Brasil, dos quais, 30 anos radicado em Vila Velha – ES. A visão que norteia seu trabalho é divulgar a música Andina e promover a integração da música latino-americana. Começou a carreira na Bolívia, onde participou dos grupos Sumac Wara e Puma Punku, com apresentações na Peña Naira e em outros projetos culturais nos anos 70.
Veio para o Brasil e, a exemplo de outros artistas, em 1980, começou a tocar na rua no Rio de janeiro junto com Edgar Marconi (chileno), com quem integrou o Grupo Collamaru. Deu sequência ao trabalho com Enzo merino (Raices de América ), com o projeto “Los Pueblos Americanos”, até que, em 1988, em Minas Gerais e Espírito Santo, formou o Grupo AMÉRICA 4, com integrantes de diferentes países, com objetivo de promover a integração dos Povos latinos. Em 1990, a sonoridade do America 4 incorporou um novo elemento que foi a fusão da música andina com os tambores de congo e, mais tarde, maracatu. Nascia ali o CD Tambores de Congo. No total, são 03 LPs e 07 CDs com Grupo América 4. De 2001 até os dias atuais tem se dedicado ao Grupo America 4 e seus variados shows, como America 4 Convida, Resistência, Nação Kalantara e Missa Criola.

CESAR REBECHI

Cesar Rebechi é argentino. Guitarrista, violonista, compositor e arranjador, começou a estudar música ainda criança em sua cidade natal: Santa Fé. Fez cursos de Teoria e Solfejo, Harmonia e Violão Clássico no Liceo Municipal de Bellas Artes. Em Santa Fe Integrou várias bandas de destaque no cenário musical, com as quais se apresentou em outras cidades argentinas ao lado de músicos como Juan Carlos Baglieto entre outros.
Escolheu o Brasil para morar desde o ano de 1980 , na cidade do Rio de Janeiro. Aqui integrou o Grupo Americanto, participou do Programa do Chico Anysio, participou em shows fazendo abertura do Grupo Boca Livre. Gravou com Tânia Alves, Zé Ramalho, Frejat e integrou a banda do cantor Taiguara no período de 85-92. Atualmente acompanha as cantoras Amelinha, Jackie Silveira, Morana e a Uruguaia Orieta Castillo. Integra o grupo Encanto Cigano e Trio Rioplatense (Tango).
No ano de 2012 realizou a gravação de seu primeiro CD solo – instrumental intitulado ”Momentos da Vida”. Desde 1990, César é o guitarrista do Grupo América 4 com o qual gravou 6 Cds, trabalhando como músico, compositor e arranjador.

GRACIA SILVA

Graduada em música, na especialidade piano, em 1987, na Escola de Música do Espirito Santo, EMES, atualmente está na Faculdade de Música do ES – FAMES. Em 1984, concluiu o curso técnico em Flauta doce na classe do Maestro Vitor Marques Diniz na mesma faculdade. Em 2006 concluiu pela faculdade Batista de Vitória-FABAVI, pós-graduação em Docência para o Ensino Superior. Participou de vários cursos de extensão com professores renomados como: Helder Parente, Elizabeth Seraphin Prosser, Homero de Magalhães dentre outros.
Como flautista apresentou-se como solista da Orquestra de Câmara da UFES, sob a regência do maestro Sérgio Dias, e com a Orquestra e CoroDomme maris, sob a regência do maestro modesto Flavio, em vitória ES. Integra como flautista, o Ensemble Cúm Sancto Spirito, grupo musical especializado em música renascentista e barroca, com o qual gravou o CD ” O amor e o humor na Música Brasileira dos Séc. XVIII e XIX”.
Como tecladista participou tambem das gravações dos CD’s “Ilha” da Banda Casaca, “Pontos e Nos” e “Quarto crescente” do Grupo Moxuara, “Jesus o Evangelho Vol.1” de Venturelli Zánon e “Partido” de Fabio Pimentel, participou do CD “Segredo da Terra” de batista Neuvaner.
Acompanha o grupo América 4 desde 1996. Participou das gravações dos CD’s “Fusão Latina”, “Festa de los Andes”, “Tambores de Congo”, 12 Anos de Grupo américa 4″, “Kalantara” e “25 anos do Grupo América 4” (2014).

AGUILAR ALVES

Músico, cantor e produtor musical, esse capixaba que estreou nos palcos em 1985 num festival de música popular, na Escola Técnica – hoje IFES – traz na bagagem mais de 30 anos de carreira artística, com trabalhos que vão de bandas de baile – e bandas de trio – a direções musicais diversas: apenas nos palcos do Teatro Carlos Gomes foram quinze, com destaque para os shows do projeto “Um Canto Solidário”, em suas versões anuais e respectivas homenagens a Cazuza (2011), Tropicália (2012), Chico Buarque (2013) e Roberto Carlos (2014).
Em estúdio, além de gravações com diversos cantores, produziu os discos “Cidade Faroeste” de Jojó Borges (reggae, pop, MPB – 2015) e “O Barco dos Sonhos”, de Chico Lessa (Samba – 2018).
É contrabaixista e vocalista no Grupo América 4 desde o retorno da banda aos palcos, no Encontro Nacional de Teatro, em Baixo Guandu, e no show de lançamento do cd America 4 – 25 anos, no Teatro Marista. Já gravou dois discos com a banda

LEONARDO MENESES

Tambores de Congo e Maracatu – Músico, cantor e instrumentista e desenhista autodidata, tem participado de diversos grupos musicais no Município de Vila Velha (ES), a partir do ano 90 começou fazer apresentações em teatros, bares, festa de bairros e particulares da Grande Vitória.
Pesquisador de música e de seus diversos ritmos culturais da América Latina, principalmente os tambores de Congo, reconheço como uma importante ferramenta para divulgar a nossa cultura, nosso estado, município pelo Brasil.
Formado em Bacharel em turismo pela FESVV “ Faculdade Estácio de Sá de Vila Velha no ano de 2005. É pesquisador da história e da cultura do Estado do Espírito Santo, tendo como objetivo, o conhecimento e a divulgação dos diversos potenciais existentes e ainda pouco explorados. Integra o Grupo América 4 desde 2017.